O que é Couchsurfing?

Oie, como vocês estão?

Hoje eu vim com um post mais informativo, porque ninguém merece só ficar lendo sobre minha vida né? hahaha

Já desabafei tudo que eu tinha pra desabafar, agora vamos pra o que importa: trazer informações úteis pra vocês!

Vim contar sobre um site que me ajudou muito nas minhas viagens pelos EUA, o Couchsurfing. Couchsurfing nada mais é do que um site onde você acha pessoas ao redor do mundo que oferecem suas casas pra viajantes se hospedarem de graça! Parece bizarro e um convite pra um filme de terror né? Mas não é gente, ainda existe pessoas boas nesse mundo que querem ser gentis, e querem vivenciar uma troca de cultura.

Funciona assim, primeiro você faz o cadastro no site. Depois, escolhe a cidade pra onde deseja ir, coloca os dias em que estará na cidade e com quantas pessoas você vai viajar. Aí, o site de mostra uma lista de hosts que estão disponíveis pra te hospedar nos determinados dias. Você manda uma mensagem pro host contando um pouco sobre você e seus companheiros de viagem, e que você adoraria que ele hospedasse vocês. Combinam os detalhes e voilà!

Ah, não espere um super quarto de hotel, aliás, não espere nem que você tenha um quarto. É qualquer canto pra dormir mesmo! Sofá, colchão, casa do cachorro hahaha o intuito do Couchsurfing é justamente a troca de cultura, você conhecer alguém local de um lugar que esta visitando, e seu host conhecer um pouco de onde você vem. Além ter a oportunidade de fazer uma viagem super legal com um custo bem baixo.

DICAS!

• Sempre optar pelo host com mais reviews e que tenha o perfil verificado!

• O site tem uma proposta incrível, mas infelizmente existem pessoas no mundo mal intencionadas. Quanto mais reviews e fotos a pessoa tiver, melhor! Tente extrair o máximo de informação que você conseguir da pessoa pra não cair numa furada!

• Tenha um perfil completo! Coloque fotos e preencha seu perfil com o máximo de dados que você conseguir. Isso também ajuda você a ter uma reputação legal no site, e com isso, ser aceita mais facilmente.

• O mais legal do Couchsurfing é que é de graça! Mas gentileza gera gentileza né?! Não custa nada tirar uma noite da sua viagem e preparar uma janta pro seu host, tomar uma breja, levar pra um bar ou fazer qualquer coisa que esteja ao seu alcance pra demonstrar seu agradecimento.
Eu e a Daff sempre fazíamos strogonoff nas casas em que ficávamos. Era um ótimo jeito de agradecer pela hospedagem e uma ótima troca de cultura! E cá entre nós, quem não ama um strogonoff? Os gringos piravam!

• Quer melhor forma de conhecer um lugar do que pelos olhos de quem mora lá? Converse com seu host, peça dicas de onde ir, onde comer, como ir, quando ir… Tente extrair o máximo de informação sobre a cidade que você conseguir, com certeza sua viagem será mais especial e única.

• Fez Couchsurfing e gostou? gostou do seu host? recomendaria? Faz um review pro cara! Comente sobre sua experiência na pagina dele, é bem importante! Ajuda ele a ter uma reputação melhor no site e com isso, outros viajantes podem ter a mesma experiência legal que você teve =)

Minha experiencia

A primeira vez que eu e a Daff fizemos couchsurfing foi meio que no desespero hahaha Estávamos em uma cidade que se chama San Luis Obispo, e nossa intenção era de só passar o dia na cidade e voltar pra San Francisco a noite. Mas a cidade tinha bastante coisa legal pra se ver e acabou ficando tarde pra gente voltar. Como éramos AuPair e hotel não era uma opção, a gente já tava conformada com o fato de que iríamos dormir no carro (que não seria a primeira vez! se tem uma coisa que a gente fez quando éramos AuPair, era dormir no carro! hahaha Que época boa meu Deus). De ultima hora a Daff achou o couchsurfing e encontramos um cara bem legal pra hospedar a gente. O cara foi demais, cedeu a cama dele pra gente dormir e ele foi dormir no sofá. Confesso que eu fiquei meio apreensiva, acordei varias vezes durante a noite achando que o cara ia matar a gente hahahaha. Claro que deu tudo certo.

Depois, usamos couchsurfing quando fomos pro Hawaii e Chicago. No Hawaii usamos 3 vezes pois ficamos em Oahu, depois fomos pra Kauai e depois voltamos pra Oahu. Todos os nossos hosts foram incríveis! Conto mais sobre uma das melhores viagens da minha vida num outro post =)
Em Chicago também usamos e nosso host foi demais também, ele nos indicou vários lugares legais pra irmos, e ainda nos levou pra comer pizza no lugar preferido dele, e brunch num restaurante incrível!

Com certeza minhas viagens tiveram um toque muito mais local pois eu usei o Couchsurfing. Fora a economia né?

montagem post sem fundo

Nós e nossos hosts incríveis!

É isso gente, eu amo Couchsurfing, com certeza o site fez minhas viagens serem possíveis, pois é uma economia bem da boa. E eu espero um dia poder hospedar viajantes na minha casa também, pra tentar retribuir um pouco das experiências incríveis que eu tive graças ao site =)

Espero que tenham gostado, beijos!

Advertisements

Seattle!

Oláá, tudo bem??

Quem me segue no instagram, viu que eu fui pra Seattle a umas semanas atrás e vim contar pra vocês hoje como foi!
A viagem foi super de ultima hora, soubemos que teria feriado na segunda-feira (01/09) e a Daffny disse que queria fazer uma roadtrip. A princípio estávamos planejando ir pra Arizona, mas o lugar que queríamos ficar já não tinha mais vagas.
Então decidimos ir pra Seattle, que são nada mais nada menos que 12hrs de viagem! =O

Decidimos acampar por lá e fizemos a reserva no KOA, um lugar de camping que tem unidades pelo país todo! Você pode acampar com cabanas ou com trailer! Só levar suas coisas e voilà hahaha

Bom, saímos de San Francisco na sexta a noite, viajamos por 5 horas e paramos em Ashland- Oregon na casa da host grandmother da Mari, ela foi uma fofa e nos deu uma caminha pra dormir de noite ❤
Acordamos cedinho no sábado e viajamos mais 7hrs até finalmente chegarmos em Seattle! Assim que chegamos, começou a cair o mundo, primeira vez que eu estava vendo chuva desde que cheguei nos EUA! (a Califórnia está enfrentando a maior seca dos últimos tempos :/ )

IMG_7896

Quando chegamos no KOA, fizemos check-in e fomos pro nosso lugar pra montar nossa cabana rapidinho e já aproveitar o final de tarde/noite em Seattle. Perdemos um pouco de tempo (2hrs) pois nosso lugar ainda estava ocupado, sendo que o check out é as 11hrs e nós chegamos as 15hrs…Enfim, depois de um pequeno stress, os antigos “hospedes” saíram e nós conseguimos montar nossa cabana e sair!
Dica: sei que isso pode parecer óbvio, mas a idiota aqui não pensou…Levem tênis! eu fui com uma sapatinha e ela simplesmente ficou encharcada a viagem toda e eu não pude usar, olha que beleza! hahaha

Depois dessa pequena confusão, fomos pro centro. Procuramos um barzinho e achamos um alemão que parecia ser bem legal, entramos lá e assim que pedimos uma cerveja, descobrimos que não poderíamos beber sem nosso passaporte, pois qualquer documento brasileiro não servia. Detalhe básico: nossos passaportes estavam em San Francisco –‘
Então mais uma dica pra você que está pensando em ir pra Seattle: Se você não tem nenhum documento aqui dos EUA, leve seu passaporte!
Voltamos pra casa beeeeem chateadas, mas pelo menos conseguimos ver um pouco da cidade.

Domingo foi dia de turistar!! Acordamos bem cedo e fomos pro Space Needle, aquela torre gigantesca, o maior ponto turístico da cidade. A entrada custa 20 dólares e vale a pena pois a vista de lá de cima é incrível!
Lá também tem um restaurante muuuuuuito legal que fica girando enquanto você come, assim você consegue ver todas as partes da cidade. Nós não comemos lá por questõe$ monetária$ hahahaha

O final do video fica tremido pois eu assustei demais com a parede do elevador! HAHAHAHA vê se pode!

10629745_710614665654719_4415332940729568149_n 10653546_710614688988050_8288615180447012329_n IMG_2866 IMG_7916 DCIM999GOPRO

Vista de lá de cima:

10369100_10201426276458508_514181212931851165_o 10582914_10201426276418507_9014904828300644025_o

10636512_10201426283058673_6897597407101372097_o

Escultura ao lado do Space Needle

Depois do Space Needle, estávamos morrendo de fome e fomos procurar algum restaurante pra comer. Achamos uma churrascaria brasileira a poucos minutos dali ❤
O restaurante chama “The Grill from Ipanema” e genteeeeeeee, que delicia!!! A melhor churrascaria daqui dos EUA, sem dúvidas! Uma carne mais gostosa que a outra, recomendadíssimo!
Estávamos com um amigo alemão e ele admitiu que a comida brasileira realmente é uma das melhores do mundo, obvio né! hahaha

10688052_10201426282418657_1587214733114379636_o

Saímos de lá passando mal de tanto que comemos!
Então decidimos ir pra parte dos piers da cidade, pois queríamos ir em uma roda gigante que tinha lá. No meio do caminho, tinha um navio da marinha Mexicana aberta pra visitação e obviamente que nós fomos lá ver!

10409008_10201426272578411_4073225940222680143_n 10523212_10201426274178451_5790446211044846480_n 10603718_10201426272658413_3095184581553867442_n  10659026_10201426279898594_1978818943216390789_o 10659113_10201426330379856_2129047131490085511_o 10687089_10201426273458433_157450634312931586_n10644437_10201426280058598_4788284826696716236_o

Muito legal né?
Meio doido de pensar que esses caras chegam a ficar até meses dentro de um navio… não sei se eu conseguiria não! São corajosos =)

Aí depois de andar muitão, passar por paisagens lindas, dar comida pros mendigos, (sim, fizemos nossa boa ação do dia dando hot dog pra 2 mendigos <3) finalmente chegamos na roda gigante!
A fila pra ir estava muito cheia, o preço não era tão barato quanto pensávamos, (e não era caro também, 17 dólares) a preguiça bateu e então decidimos não ir! hahahaha ficamos só com a paisagem mesmo.

10511541_10201426281018622_744410183189752190_o1800176_10201426277018522_5581115819083751160_o

Na volta para o carro, decidimos ir na  “Gum Wall”, uma rua bem pequena com as paredes LOTADAS de chiclete!
Essa era bem mais nojenta que a que eu e a Daffny fomos em San Luis Obispo, tinham muitas abelhas e muito, mais muuuuito chiclete! hahah

905882_10201426281858643_7780173490460635604_o 10547821_10201426281778641_511041046001262017_o

Alguém arrisca comprar tickets e apoiar o braço aí? hahahahah

Ainda passamos pela “Public Market” que é uma feira bem parecida com a nossa que temos no Brasil, só que não é no meio da rua, cada barraca tem seu lugar dentro de um galpão. Infelizmente quando passamos, ela já estava fechada, então não deu pra vermos nada =(

10608581_10201426281738640_5327771108450718713_o 10679991_10201426282138650_8682260542619184167_o
Depois disso, voltamos pro camping, tomamos banho e voltamos pra cidade numa ultima tentativa de tomar uma cerveja!
Fomos num barzinho/restaurante chamado “Ohana” e eles aceitaram nossas identidades brasileiras e alemã! Ficamos muito felizes =DD
Era um restaurante de comida japonesa, e eu que sou louca por japonês acabei pedindo um prato lá que quando vi o preço e o tamanho do prato, quase caí pra trás! Paguei quase 17 dólares por 3 pedaços de sashimi (pequenos, por sinal) e 3 pedaços de sushi! É pra falir qualquer um, né? x.x
Mas foi muito bom, acabamos encontrando o pessoal que fizemos amizade lá no restaurante brasileiro e cantamos no karaokê do bar! hahahaha Imagina a cena, eu a Daffny e a Aline (nossa nova amiga de Seattle) cantando Katy Perry. LIIINDO! -sqn!

Quanta coisa em um dia só né? ahahaha nem sei como aguentamos, andamos demaaais!!

Segunda-feira foi dia de guardar tudo e voltar pra casa. Dessa vez não ia ter parada em Ashland, viemos direto!
Que canseeeeeeeeeeeeira meu Deus, parecia que não íamos chegar nunca! Mas vou confessar que a paisagem compensa um pouco todo o cansaço, ainda mais quando você chega no estado da Califórnia e vê o monte Shasta, a montanha mais linda que eu já vi na vida! Ela fica com neve no topo o ano todo ❤

10688282_10201426277738540_7871412714989890996_o

10648974_10201426278058548_6121519213741257792_o

Bye Bye Seattle!

Bye Bye Seattle!

Nem acreditei quando vi a Bay Bridge, achei que tava sonhando! hahahaha Saímos de Seattle as 9am e chegamos em San Francisco as 11pm! Loucura, né? Mas eu gostei, valeu a experiencia e eu AMEEEEI Seattle! Quero voltar o quanto antes!

Espero que tenham gostado, beijos!

10540694_10201426284418707_3307271803139259617_o

 

 

Las Vegas!

 

10524618_698720076844178_8369664338657281399_n

Oieeee!!!

Tudo bem com vocês?

Quanto tempo!! Demorei muito pra postar pois fiquei doente e essas semanas foram um caos na minha vida, vocês vão entender no final do post! Mas to de volta e espero que me perdoem haha =)
O título desse post já diz tudo né, vim contar sobre minha viagem pra Las Vegas, yay!

Como eu contei no post passado, eu estava indo para Vegas comemorar o aniversário da Daffny, junto com a Mari e a Nati (nossa mais nova amiga de NJ :D).
Bom, a Daffny foi na sexta feira de manhã e eu e a Mari fomos de noite.

Nós voamos de Virgin America e eu recomendo para todos que forem fazer viagem dentro dos EUA. É a companhia aérea mais divertida! Pra começar que dentro do avião, as luzes são roxa e rosa! Ai o vídeo de instruções de segurança é o mais animado possível e quando você está voando, tem uma opção de bate papo entre os assentos!
Eu e a Mari começamos a conversar com o avião inteiro e acabamos ganhando cerveja, pois uns caras foram com a nossa cara, nos deram cerveja e depois queriam nossos telefones quando saíssemos do avião. Obviamente que ficamos escondidas até eles irem embora hehe. Mas aproveitamos a cerveja sim =D

IMG_4190

IMG_4108

IMG_4206

Chegando em Las Vegas!

Logo quando saímos do avião, no aeroporto mesmo já vimos maquinas de cassino, muito legal! Quando saímos do aeroporto, veio um bafo quente, mas tão quente que Jesus! hahahaa Estava 37 graus as 22hrs! Dá pra acreditar? It’s Vegas baby!

IMG_4015

Um pouco quente…

IMG_4229

Dica: se você quiser economizar, pegue um shuttle como nós fizemos. Pagamos 8 dólares e ele nos deixou na porta do hotel. Bem mais barato do que taxi =)

Nós ficamos hospedadas no hotel Bellagio, que é um sonhoooooo! Muito lindo, muito chique e muito caro também, recomendo! Mas me você não quiser gastar muito, tem outros milhões de hoteis que são mais baratos 🙂

10590422_698712123511640_4491141909615495730_n

Nosso hotelzinho lindo!

Assim que chegamos no hotel, já nos encontramos com a Daffny e já fomos nos arrumar pra primeira festa. A Daffny entrou em contato com um promoter, o Tony, que falou que iria colocar a gente nas festas mais legais e de graça.
Depois de prontas, pegamos um taxi e fomos nos encontrar com o Tony. Chegando lá ele nos disse que como já estava tarde, ele não conseguia colocar a gente em alguma balada super legal (achei meio exxxtranho, mas ok) e por isso iria chamar uma limousine pra gente ir pra um strip club e disse pra gente ficar tranquila pois além do strip club, tinha uma balada. Ok né… Ficamos a espera de uma limousine, e chegou um carro normal pra buscar a gente hahahahaha ficamos decepcionadas, mas ok. Chegamos lá e de graça não tinha nada, tivemos que pagar 30$ pra entrar, e “ganhamos” 2 bebidas.
Ai depois de ver mil peitos na minha frente, fomos em busca da balada, que era no ultimo andar. Chegamos lá e não tinha absolutamente NINGUÉM. hahahaha só rindo mesmo né, ficamos p* da vida pois pagamos 30 dólares pra nada.

Aí a Daffny mandou mensagem pro Tony falando se ele tinha outra coisa pra gente ir, pois ali não dava pra gente ficar…Aí ele falou que tinha uma outra balada e que ia mandar um carro buscar a gente.
O carro veio e o cara começou a falar que essa balada que a gente ia, iria ser demais, que era muito legal e que íamos nos divertir muito.
Chegando lá, era outro strip club!!!!! E tivemos que pagar mais 30$ pra entrar. Gente, já tava muito brava que em uma noite eu gastei 60$ pra ir em strip club, fala sério né.
Pelo menos esse foi mais divertido, tinha a parte dos homens e foi muuuuuuuito engraçado e triste ao mesmo tempo ter que ver aqueles homens implorando pelo seu dinheiro.. Enfim…
Ai fomos pro hotel dormir #Decepcionadas #Chateadas

10568950_698720820177437_5735768333389664707_n

noite #fail

No dia seguinte já animamos de novo pois iriamos na pool party do Tiesto! yaaaaaay! Eu tava muito ansiosa pra essa pool party. Então saímos do hotel umas 11hrs, e fomos na starbucks tomar café-da-manha/almoçar (fazíamos 2 refeições, café/almoço e almoço/janta hahahaha pobre é uma desgraça).
Bom, chegamos lá e a fila estava IMENSAAAAAA! Pra quem está querendo ir em alguma pool party em vegas, uma dica: chegue cedo.

10574389_698721110177408_5401333872540121445_n 10563062_698717833511069_960951791168793203_n 10563050_698720790177440_3616984821446742350_n
Gente, foi DEMAAAAAAAIS! Sério, muito bom! Tinham várias piscinas, mas nos ficamos na principal e foi divertidíssimo!
A bebida era muuuuuito cara, pedi um drink e me custou 16 obamas D: Sorte que conhecemos uns caras, feios tadinhos, que deram muita cerveja pra gente! Então a dica é, faça amizades =D

Bom, depois de jogarmos agua na festa inteira (eu e a Daff estávamos impossíveis, jogando água em TODO MUNDO) fomos embora, estávamos acabadas e ainda tínhamos que nos arrumar pra festa de noite!

Pra festa da noite, fomos através de outro promoter, um dos milhões que fica na Strip (principal avenida de Las Vegas), ele nos ofereceu 2 baladas pra nos 3, a Nathy já tinha ido embora :(, e nos cobraria 10 dólares. Nós queríamos ir na XS, mas o promoter disse que a gente só poderia entrar na XS depois da 1:30AM (vai saber o pq) e colocou a gente na Tryst, uma balada que fica no mesmo hotel da XS.
Aí fechamos lá com ele e fomos pro hotel nos arrumar. Chegamos na Tryst e foi suuuper legal, ganhamos 3 drinks de graça cada uma, graças ao nosso promoter, e ficamos lá até dar o horário. A Tryst tava bem legal, ganhamos drinks de uns indianos engraçados, ai depois que tomamos, falamos que íamos no banheiro e nunca mais voltamos muahahaha.

10400847_698718013511051_139023907978772497_n10525865_698717190177800_3354334789302144963_n

Ai gente, prepara pq agora começa a parte triste da minha viagem :(((((((((
Quando deu o horário, fomos pra XS muito animadas pois queríamos muito essa balada. Chegamos lá e estava MUITO mas MUITO lotada, tava tipo 25 de março sabe? Talvez até pior…

Enfim, como vocês viram, eu estava com uma bolsa de lado (grudada em mim) nessa noite, e eu tenho a mania de olhar meu celular a cada 5 minutos, mania mesmo.
Pois bem, entramos nessa balada e eu olhei meu celular, passamos por uma muvulca de gente e fui olhar de novo minha bolsa e roubaram meu celular. Gente, foi o pior sentimento que eu já senti na minha vida, não é pelo celular em si, na verdade é um pouco pois eu ainda estou pagando ele lá no Brasil, mas é pelo fato de alguém ter a coragem de ter aberto minha bolsa e ter pego algo que não é seu sabe? Poxa, meu pai sempre me ensinou “o que é seu é seu, o que não é seu não mexe!” isso sempre foi muito claro pra mim e acho que é por isso que foi tão difícil de acreditar quando pegaram algo que era meu.
Meu celular estava em uma case que dava pra colocar documentos junto, e antes de sair a Mari pediu pra colocar as coisas dela junto com as minhas. Então além do celular, foram nossos cartões, dinheiro e nossas identidades.

Comecei a chorar no meio da balada e uma brasileira veio chorar junto comigo pq falou que tinha sido roubada também. Só que ela tava fazendo um pequeno grande escândalo e eu só tava chorando querendo meu pai naquela hora 😦
Enfim, eu e a Mari voltamos pro hotel pra lidar com a parte burocrática, cancelar cartão, bloquear o celular, fazer B.O… Na verdade a Mari quem fez tudo isso, pois eu não conseguia falar, só chorar e a Mari foi uma ótima amiga pois fez tudo pra mim, linda ❤

Depois de termos resolvido tudo, estávamos com fome e não sei pq, mas achamos que a pizza hut iria entregar uma pizza pra gente as 5am. Pedimos pelo site e ficamos esperando, aí dormimos e a pizza nunca chegou haha.

No dia seguinte, tínhamos uma pool party do Will.i.am e eu estava muito ansiosa pra essa pool party. Mas ninguém colocou o relógio pra despertar, acordamos super tarde e ninguém foi.
Domingo foi um dia muito morto pois eu estava muito triste, eu e a Mari não tínhamos dinheiro e a Daff não tinha como bancar nós três pra qualquer coisa que fizéssemos. Ficamos o dia inteiro dentro do hotel D:

Na segunda feira, eu e a Mari fomos no banco pedir um cartão temporário, pois precisávamos pagar o hotel. Na volta, a Mari teve a ideia de ligarmos no achados e perdidos da XS e ver se eles acharam alguma coisa, eu estava super sem esperanças, mas tentamos mesmo assim. Liguei lá e eles tinham achado nossos cartões e IDs! Fiquei um pouco mais contente, pois tirar uma outra identidade seria uma dor de cabeça…
Fomos lá pra XS buscar nossos documentos e eu ainda tinha uma esperança de achar meu celular. Não achei 😦

Depois disso, fomos pro aeroporto. Queríamos pegar um shuttle, mas fomos informadas que pra pegar shuttle pra ir pro aeroporto, tem que ser reservado com pelo menos 6 horas de antecedência. Então fica a dica ai pra quem quiser economizar =)
Acabamos pegando um taxi mesmo e não foi tão caro, deu 21$ se não me engano.
Chegamos no aeroporto comemos e fomos pra casa… A linda da mãe da minha host foi me buscar e quase chorou junto comigo por causa do meu celular hahaha.

Ai gente, que aventura né?!
Não tirei foto na famosa placa de Las Vegas, não conheci hotel nenhum, vi partes do show das águas, não fui na freemont street, não fui pro grand canyon, não fui em nenhum show, não fui na famosa roda gigante, fui roubada, gastei mais do que devia e mesmo assim: valeu muuuuuuuuuuito a pena! Estava com minhas amigas, fiquei em um ótimo hotel e me diverti bastante! Ainda acho Vegas sensacional e quero voltar o quanto antes!

Eu fiquei muito chateada pelo meu celular, mas no dia seguinte eu tava fazendo piada sobre o assunto e não deixei isso me abalar sabe. Fiquei mais chateada pelas informações que eu tinha no meu celular, mas quando comprei o outro, todas as informações foram recuperadas e fiquei muito feliz!  Levei como aprendizado.  E fica como aprendizado pra vocês também, se puderem, não levem o celular pra balada, deixem no hotel!

Ah, e pra melhorar ainda mais minha vida, assim que voltei de Vegas, fiquei a garganta inflamada! Eu ODEIO ficar com a garganta inflamada. Mas já estou totalmente curada, graças a minha médica Daffny Vieira! hahaha fofaaaan ❤

Falei demaaaaais! Me perdoem pela demora desse post, mas quis deixar bem completo.

Beijos!

Último post do Brasil!

Oi meninas, tudo bem?

Bom, como o titulo diz, esse será meu ultimo post do Brasil! Embarco domingo mas estou fazendo tanta coisa que eu não vou ter tempo de postar mais antes de ir!

Vim aqui pra falar um pouco das emoções e pensamentos que estão passando pela minha cabeça.
Olha, é tudo muito doido! Morar fora sempre foi um sonho na minha vida e agora que estou tão perto de realizar esse sonho, é uma chuva de emoções!
Acho que quando eu pensava em morar fora eu nunca pensei nas pessoas que eu iria deixar aqui e que eu amo tanto. Nunca gostei de despedidas, e com certeza me despedir das pessoas que eu mais amo na vida não vai ser nada fácil.

Eu comparo essa espera do dia da viagem como uma fila de montanha-russa, suas pernas tremem pois está com medo e ao mesmo tempo está ansiosa pra ver o que te espera. Eu, que nunca gostei de montanha-russa, nas filas eu chego a tremer, fico quieta e não quero conversar com ninguém, só fico na minha esperando minha vez.

E ao mesmo tempo que eu fico pensando nas pessoas que vou deixar aqui, começo a pensar no monte de pessoas que eu vou conhecer quando eu chegar nos EUA! Ai começa uma ansiedade e uma felicidade indescritível! Pois além de realizar meu sonho de morar em um outro país, tenho certeza de que vou crescer muito, vou ser mais independente, vou conhecer lugares novos, viajar muuuuuuito e vou me conhecer muito mais do que já me conheço. E eu não vejo a hora disso acontecer!

Tão vendo como é confuso?! hahahaha Só nesse texto eu já mudei meu sentimento diversas vezes. É como eu e a as meninas do grupo (que embarcam no mesmo dia que eu) estávamos conversando, é uma TPM eterna! (Mari, sua definição foi a melhor!)

Ontem minha host me mandou um e-mail falando que meu quarto está quase pronto e que eles foram comprar uma TV pra mim no dia anterior! Olha que graça! E nessa, as emoções mudam tudo de novo! hahahahaha

Não, eu ainda não arrumei minha mala. Quero levar minha vida toda em 23kg, não está fácil…Espero arrumar tudo até o final dessa semana e quem sabe faço um post depois sobre isso? =)
Depois quero contar tudinho sobre NY e começar os posts diretamente de San Francisco!!! uhuul! hahahaha

Olha, esse post ficou sem pé nem cabeça? Ficou. Alguém entendeu alguma coisa? Não! Mas isso é um pouco do que se passa na cabeça de uma AuPair que está prestes a embarcar pra um sonho!

Então é isso ai, nós vemos na terrinha do tio Sam!!
Um beijo no coração de vocês!