2 anos em um post!

Oie!

Eu sei que eu falei que postaria com mais frequência, mas novamente, falhei. Acontece que eu to com vontade de retomar esse blog, sem pressa, sem pretenção nenhuma. O último post me ajudou muito e acho que voltar a escrever vai ser bom pra mim 🙂
Quando eu estava no Brasil, comecei esse post aqui e não terminei. Resolvi então dividi-lo em duas partes, nessa primeira eu fiz um resumão da minha vida nos EUA desde que eu parei de postar por aqui.
enjoy 😉

• AuPair

Desde que eu parei de escrever, um monte de coisa aconteceu. No final de 2014 eu passei o natal e o ano novo no Brasil. A saudade tava grande e o visto ainda permitia que eu saísse do país e voltasse normalmente, então fiquei uma semana no Brasil. Foi extremamente rápido, mas muito bom ver todo mundo e ainda mais numa época tão especial pra minha família. Quando eu voltei do Brasil, eu já tinha decidido com a minha host family que iria extender o programa com eles por mais um ano. Nosso relacionamento desde o primeiro skype foi ótimo e tudo só foi melhorando a medida que o tempo foi passando. Eu posso dizer com toda a certeza do mundo, eles são a melhor família que eu poderia ter tido. Talvez eu fale mais sobre eles em outros posts, mas eu só queria deixar registrado que eles foram do começo ao fim, os melhores.

O meu segundo ano foi um pouco mais agitado na casa da minha host family, o meu kid (amor da minha vida, quem me segue nas redes sociais sabe a paixão que eu tenho por esse menino) foi diagnosticado com autismo. Nós já tínhamos suspeitado há algum tempo, em algumas atitudes dele, que ele era um um pouco diferentes das outras crianças. Ele fez vários exames e depois de longos meses ele foi diagnosticado. O médico disse que ele tem um nível bem leve de autismo e que com os tratamentos corretos, em alguns anos, seria imperceptível.

Em meio a tudo isso, meus hosts estavam querendo mudar de cidade, eles queriam sair de San Francisco e ir pra uma cidade mais afastada, com uma casa maior e com mais espaço pro meu kid. Isso me assustou muito quando eles me falaram, porque eu estava super acostumada com San Francisco, todos os meus amigos estavam lá, eu não dependia deles e nem do carro deles (porque eu não dirigia) pra fazer nada. Enfim, no fim eles enrolaram tanto pra se mudar que eu sai de lá faz 8 meses e eles ainda não se mudaram hahaha

O natal do meu segundo ano eu já não podia mais sair do país por causa do meu visto, então eu, a Daff e mais 2 amigas fomos passar o natal em Lake Tahoe. Como estávamos no inverno e em Lake Tahoe neva, nós decidimos esquiar. Foi a minha primeira vez e confesso que odiei! Eu não fazia ideia de como aquilo funcionava, eu deveria ter feito umas aulas antes, mas sabe como vida de AuPair é né, pobre! hahaha Então eu fui na cara e na coragem e perdi a conta de quantas vezes eu cai e o tanto de neve que entrou dentro da minha roupa.
Fora o frio que eu passei naquele dia, assim que terminamos e entramos no carro, eu não conseguia mexer minhas mãos de tão frio, foi horrível. Não quis ver neve e pensar em esquiar por um bom tempo! hahaha Hoje em dia eu já estou considerando tentar de novo, pra tirar esse trauma, veremos!
Foi o meu primeiro natal longe da minha família, nós reservamos um jantar em um restaurante nas montanhas e depois voltamos pro hotel e ficamos dançando e bebendo, foi bem divertido. Estar passando uma data tão especial com amigas que eu amo tanto, foi demais.

Depois do natal e ano novo eu só tinha mais 4 meses com a minha família (meu ano acabou em abril/2016) e o plano era que eu continuaria nos EUA depois que meu programa de AuPair acabasse, a princípio eu iria mudar meu status pra turista e futuramente eu tentaria mudar pra estudante.

Meu kid também começou a ir pra escola 3 vezes na semana, então nos últimos 3 meses de AuPair eu só trabalhava 2 vezes por semana. Isso só prova o quão legal meus hosts eram. Nesse tempo livre eu comecei a procurar casa pra morar junto com a Daff e comecei o processo de troca de status.

Os últimos meses passaram voando, meu ultimo dia foi dia 18 de Abril e meus hosts me levaram pra jantar num restaurante que eles sempre comentavam que iam me levar mas nunca tivemos a oportunidade. Comemos um monte, relembramos de muita coisa que vivemos nos últimos 2 anos e foi incrível, como sempre. No final, eles me deram um colar que dentro tinha uma foto minha com o meu kid e um cartão com a mensagem mais linda do mundo. Nem preciso falar que eu chorei até não poder mais né? Alias, todos choramos, eu de um lado da mesa e meus hosts do outro.

Desde o quando eu vi a fotos deles no meu perfil da APC eu soube que eram eles, e ai nossas conversas no Skype e tudo que eu vivi em 2 anos só provaram isso. Eu nunca tive uma discussão com eles, nunca olharam torto pra mim, sempre resolvemos tudo como um time. Nosso relacionamento não era de família, era de uma equipe, eu tava ali pra ajudar eles, eu ajudava eles e eles me ajudavam. Eles me pediam opinião sobre a educação do meu kid e eu também sempre ia atrás de sites, vídeos, artigos que pudessem ajudá-lo em cada fase que ele passava.
Tinhamos um ótimo relacionamento, mas nunca misturamos muito as coisas. Eu sabia respeitar o espaço deles e eles respeitavam o meu. Estávamos os três focados 100% no bem estar do meu kid, acho que por isso que deu tão certo.

• Pós AuPair

Assim que eu acabei meu ano, eu já tinha um emprego. Fui em sites de nanny dos EUA (pra quem quiser saber: UrbanSitter e Care) e mandei mensagem pra algumas famílias. Fiz entrevista com duas e fechei com uma família com um menino de 2 meses. Pensa num serzinho pequeno! A mãe parecia legal, o menino praticamente dormia o dia inteiro, a localização era boa (eles moravam perto dos meus hosts, então eu já conhecia a área) e o salário também.

Assim que eu sai da casa dos meus hosts eu ainda não tinha uma casa pra morar, porque em San Francisco, casas são extremamente caras. Eu e a Daff chegamos a ver uma kitnet pra alugar, mas a localização era péssima, o valor altíssimo e o lugar extremamente pequeno, não daria pra colocar nem metade das nossas coisas. Bom, ainda estávamos sem lar, até que meu host me ofereceu pra ficar na casa do pai dele por duas semanas enquanto ele estava no Brasil. Ta aí mais uma prova de que meus hosts eram os melhores.
Fiquei na casa do pai do meu host, e foi incrível, ele mora num flat num bairro super nobre de SF, ou seja, me senti A rica por duas semanas hahaha

Eu tinha mais 2 dias na casa do pai do meu host quando a Daffny conseguiu achar um quarto pra gente. Iríamos dividir um quarto numa casa com uma mãe e dois filhos. A dona da casa era super simpática e fechamos tudo logo na primeira visita. Primeiro porque não tínhamos tempo e depois porque realmente gostamos do quarto. O preço não era dos mais baratos, mas pro padrão de San Francisco, estava ótimo. Fora que apesar de ser um pouco longe do centro da cidade, era perto de uma academia, mercado, Target, CVS, Walgreens, ponto de ônibus… E quando eu digo perto, eram 3 minutos andando de casa. Esse quarto caiu do céu pra gente.

Depois de moradia e emprego arrumado, foi só alegria. Ser AuPair é ótimo, mas ganhar $200 pode semana ninguém merece né? E mesmo que eu pagasse, aluguel, transporte e comida, ainda sobrava mais dinheiro no final de cada semana do que como AuPair.

Meu emprego de uma forma geral era bom, mas como o baby era muito pequeno, eu não tinha muita coisa pra fazer com ele, e pra piorar, de terça e quinta a mãe dele ficava em casa, e aí eu ficava muito tensa porque eu queria arranjar coisas pra fazer com ele, mas simplesmente NÃO TINHA o que fazer! haha

Fiquei nesse emprego por 4 meses até que um belo dia a mãe me disse que não precisaria mais de mim porque ela iria sair do emprego dela e ficaria em casa pra cuidar do filho. Confesso que eu fiquei aliviada pois eu já não estava aguentando mais não ter o que fazer com aquele baby, e eles moravam num lugar muito longe de tudo. Pra eu chegar na rua principal (que era perto da onde meus hosts moravam) eu tinha que descer muitas ruas, e pra subir depois com o carrinho, era um pesadelo!

A mãe me deu 1 mês pra eu achar um outro emprego e eu consegui em 2 semanas, dessa vez eu fui cuidar de uma menina de 1 ano e meio no melhor bairro de San Francisco, perto de muitos lugares legais, e o melhor: ruas planas!
Se você já foi alguma vez pra San Francisco sabe que lá só tem morros, e achar uma área plana, é praticamente impossível.
Eu me apaixonei pela menina logo na primeira visita, a mãe também era demais, e nos demos muito bem! E pra melhorar, eu iria ganhar mais do que na outra casa!

Nesses 6 meses (tempo de validade do status de turista) foi muito bom. Eu conheci muita gente legal, saí muito, mas muito mesmo. Aproveitei tudo que eu podia, saía praticamente de segunda a segunda, todo dia tinha alguma coisa pra fazer. Como eu não morava mais com hosts parents, podia sair e chegar a hora que eu quisesse, que época boa haha.
Também foi quando eu fiz minhas tatuagens, eu tinha feito a minha primeira quando eu era AuPair ainda, mas meio escondido dos meus hosts porque minha host disse uma vez que não gostava de tatuagens. Como eu fiz a minha dentro do dedo, não achei necessário contar pra ela haha.
Mas acabei fazendo mais 4 nesses seis meses e já estou planejando as próximas. Ô negocio que vicia hein!

Também visitava meus hosts e meu kid sempre, eu ia lá a cada 15 dias almoçar ou jantar com eles. Também sempre fazia extra pra eles, pra eu matar a saudade do meu filho e pra ganhar uns Obamas a mais. Nós mantemos uma relação muito boa e nos falávamos sempre.

Meus status de turista venceu em Novembro, saí da casa em que eu estava trabalhando mais ou menos 2 semanas antes de voltar pro Brasil. Minhas ultimas semanas foram um caos, eu tive que me desfazer de mais da metade das minhas coisas pra voltar pro Brasil. Tive que dar muita coisa que eu gostava, foi dolorido, mas fazer o que né, ninguém mandou comprar o mundo todo em 2 anos e meio hahaha

Bom, fiz minhas despedidas, chorei tudo que eu não chorei em 2 anos e meio, e no meu ultimo dia, fui realizar um sonho que eu tinha desde que eu cheguei nos EUA: ir num jogo da NBA!
Eu viciei em basquete assim que eu cheguei aqui e peguei paixão pelos Warriors, assistia a todos os jogos, mas nunca ao vivo. Então eu e a Daff fomos ver o jogo, foi lindo maravilhoso, amei do começo ao fim!
Quando chegamos em casa, foi a hora de me despedir da pessoa mais importante que eu tinha nos EUA, a Daff. (meu voo era de madrugada, então quando eu saísse, ela estaria dormindo) Eu não consigo explicar em palavras tudo que a gente viveu juntas, tudo que a gente dividiu,o tanto de risadas que já demos, o tanto de miles que a gente já percorreu juntas, o tanto de segredos que já compartilhamos, o tanto que já conversamos e muito, muito mais. Ela era minha família lá, e a única pessoa que eu conversava da hora que eu acordava a hora que eu ia dormir (mesmo quando morávamos juntas haha). Foi difícil, teve choro pra dar e vender, mas mesmo com essa despedida, eu sei que ganhei uma irmã pra vida toda.

Meu voo era ás 5am. Acordei ás 2am, peguei minhas mil malas e fui pro aeroporto rumo ao Brasil ver minha família que eu não via há 2 anos.

 

Advertisements

California Academy of Sciences

Hello people! Como vocês estão?

Aqui tá um calor de raaaaachar o coco, sei que no Brasil está bem frio e quis começar o post assim pra fazer inveja pra vocês HAHAHAHA. Não me odeiem ˆˆ
Sempre disse que odiava o calor e que queria morar em uma cidade onde fazia frio sempre!
Pois bem, depois de umas semanas de muito frio aqui em San Francisco, onde eu estava meio triste mas não sabia pq, finalmente o sol apareceu na semana passada e gente, eu nunca na minha vida fiquei tão feliz ao sentir calor, ao ver aquele dia lindo lá fora, com o sol estalando! Sério, quem me conhece sabe que eu jamais falaria isso na vida. Mas realmente eu fiquei feliz pelo calor!
Queria uma cidade fria, mas Deus sabe o que faz e a gente só entende depois né?

Enfim, só queria compartilhar isso com vocês! hahaha

Depois dessa introdução desnecessária, vamos para o que interessa, minha visita ao museu “California Academy of Sciences”! Eu e a Daffny fomos a umas semanas atrás e simplesmente amamos! Pra mim, é o melhor museu que eu já fui =D (o que é fácil dizer, pois não visito muitos museus hahaha)

Umas quatro semanas atrás, nós estávamos sem ideia do que fazer por aqui. Acabei pedindo umas dicas pra minha host e ela nos indicou esse museu, mas quando fomos ver o preço, caímos pra trás e desistimos na hora. Não que 34 dólares seja o fim do mundo, mas pra duas Au Pairs perto de irem pra Vegas (sim, vamos pra Vegas e falo disso no final do post!!!), é de cortar o coração.
Acabei comentando com a minha host que não tínhamos ido por causa do preço e ficou por isso mesmo.

Até que na semana em que eu completei 3 meses aqui, recebo um cartão deles me parabenizando por esses meses, me elogiando pelo meu trabalho, falando que eles gostam muito de mim eeeee, junto do cartão tinham 2 tickets pro museu! OLHA QUE FOFOOOOOOS! Nossa, fiquei tão feliz gente! Eles não tinham obrigação nenhuma de me dar os tickets, muito menos dar dois!
Eles falaram que esse museu é um lugar que eu tinha que visitar pois era incrível, e por isso me deram os ingressos!

Aí lá fomos nós super empolgadas num domingo conhecer o museu. Ele fica dentro do Golden Gate Park (um parque parecido com o Central Park em NYC, é ENOOOORME!) e lá dentro tem planetário, que eu nunca tinha ido em um antes e PIREI, tem pinguins, jacaré, peixes, uma estufa e muitas outras coisas!
Maas vamos as fotos que é o que realmente interessa!

IMG_2581

Entrada do Museu

IMG_7255

Estrela do mar na entrada do museu

Logo que chegamos, vimos que precisávamos de ingressos pra entrar no planetário, não era pago, mas precisávamos reservar nossa entrada. Fomos lá e a próxima atração seria dali a 1hr30min mais ou menos.
Então resolvemos ir na parte dos peixes!

IMG_2599

IMG_7257

Olha o tamanho desse peixe abaixo! Fiquei com medo dos olhos dele! hahaha

IMG_2627

Sim, tem um homem ali dentro do aquário e ele estava conversando com esse cara da frente, juntos eles estavam fazendo uma apresentação onde eles contavam sobre curiosidades dos peixes, do mar e histórias também. Achei um máximo! E o aquário era enooorme, ficamos encantadas com os peixinhos!

IMG_2593 IMG_2589

Essa parte é muuuuito maneira, todos podem tocar nas estrelas do mar! A água é MEGA gelada e as estrelas são fofinhas, own!

IMG_7266

Em frente de um, dos mil aquários que tem lá!

IMG_7258 IMG_7263

Ainda nessa área dos peixes, tem uma parte onde você passa por um “túnel” de peixes! hahaha meio difícil de explicar, por isso filmei pra vocês entenderem, olha que demais!


Olha esse jacaré que giganteeee, sim é de verdade! E também tem uma tartaruga ali no fundo escondidinha, fofa.

IMG_7270

Depois disso, fomos na estufa! Gente que lugar quente, pqpp!! Suamos demais ali dentro. Mas é lindo e valeu a pena as gotinhas de suor!

IMG_2638 IMG_2647 IMG_2655 IMG_2665 IMG_2680

Lindo né?!

Aí depois, fomos para o planetário! Infelizmente não deu pra tirar fotos lá. Mas eu amei, eles contam a história da terra e explicam o que tem além da nossa galáxia. Eu amo esse assunto e pirei na apresentação! Amei amei amei!

Por último, fomos ver os pinguins!!! Estava tão ansiosa pra isso, não sei como deixei por último!
Na parte onde eles ficam, lembra bastante o museu de NYC o “American Museum of Natural History” por causa dos animais empalhados (nem sei se esse é o nome correto, enfim). O de nyc é bem mais completo, confesso, mas não tem planetário! ahá!

Não tirei muita foto dos animais empalhados pois eu já tinha visto em NYC, mas achei essas zebrinhas demais!

IMG_2683

Ai, fala sério esses pinguins!! Que lindos, né? Queria roubar um pra mim? Sim!
Eles ficavam pulando na água e não me deixava tirar uma foto legal. Aí ficaram essas mesmo!

IMG_2686 IMG_2688

Tinha MUITA mais coisas pra ver, mas fomos embora depois dos pinguins pois o museu já estava fechando :(((
Mas acredito que vimos as partes mais legais e interessantes!

Bom, essa foi nossa visita, eu ameeeei esse museu demais! Recomendo a todos que vierem pra SFO!
Espero que vocês tenham gostado tanto quanto eu =)

Ah! Como eu disse lá em cima, estou indo pra Vegas essa semana pra comemorar o aniversário da Daffny (parabéns miga!!!) vamos passar o fds e quando eu voltar eu faço um post pra vocês!
Quem quiser acompanhar minha viagem, me segue do insta que eu vou postar muitas fotinhas!!

Beijos no coração!

Ghirardelli Square

Cópia de IMG_7045

Oláá!!

Depois dessa derrota amarga da seleção brasileira, vim dar uma dica bem doce pra vocês! Vim contar sobre a minha visita com a Daff na Ghirardelli Square!

Pra quem não sabe, a Ghirardelli é uma marca de chocolate MA-RA-VI-LHO-SA, criada aqui em San Francisco! Por ser uma marca local, achei interessante dividir a história deles, que é bem interessante também,  com vocês:

Nascido em 1817 em Rapallo, Itália, Ghirardelli era um aprendiz na confeitaria em Genoa e que com uma idade muito nova, desenvolveu um grande interesse por negócios.
Aos 20 anos de mudou para o Uruguay e depois para o Peru, onde abriu uma loja de café e chocolate.
Seu vizinho em Lima, James Lick mudou-se para San Francisco em 1848, para a corrida do ouro, levando aproximadamente 273 kilos de chocolate do Ghirardelli junto com ele. Lick conseguiu convencer Ghirardelli a se mudar também pra sfo e juntos abriram uma loja de suplementos, mostarda, café, especiarias e claro, chocolate!
Entre 1852 e 1895 a fábrica de chocolate era localizada em 4 lugares diferentes até se mudarem para, a conhecida hoje, Ghirardelli Square.
Nos anos 60 a fábrica foi vendida e transferida para San Leandro. Com medo do lugar ser demolido, um grupo de San Franciscanos, comparam a propriedade e construíram dentro da antiga fábrica, lojas e restaurantes.
E em 1982, a Ghirardelli Square foi decretada como patrimônio nacional. 

Bem legal né? O blog também é cultura! 😉
E vocês acreditam que além da Ghirardelli, lojas e restaurantes, lá tem até hotel?! Demais!
Agora vamos deixar de papo e ir para o que interessa, as fotos!

Assim que entramos na loja de chocolate, já veio o melhor cheiro do mundo. Sério, uma delícia! Tem muitos sabores e tipos diferentes.
Ah, e assim que você entra eles te dão uma amostra grátis de chocolate com caramelo dentro *-*

IMG_7032 IMG_7033 IMG_7034 IMG_7037 IMG_7038 IMG_7041

photo (6)

Fonte muito fofa que tem no meio da Ghirardelli Square!

Depois disso, fomos para uma outra parte da loja que vendia sorvetes!
Tem muuitas opções deliciosas gente, tive até que pedir ajuda da atendente pra decidir meu pedido hahaha.

IMG_7020_Fotor_Collage2

 

A Daff, pediu o de Brownie e eu de Cookie! Pelo tamanho dos dois sorvetes, dá pra imaginar que não conseguimos comer tudo né? Acabamos deixando metade lá :/

Muito legal né? Com certeza vale a pena a visita! Pra quem for e se o tempo estiver gostoso, tem uma mini prainha em frente e dá pra dar uma passadinha lá depois de comer tanto!

Ah! E pra quem interessar possa, nos dias 13 e 14 de Setembro vai rolar o festival do chocolate! Vou fazer de tudo pra ir e se for, venho contar pra vocês!

Espero que tenha gostado, beijos!

IMG_7029
Ghirardelli Square
900 North Point St, San Francisco, CA 94109

The Cheesecake Factory

Photo
Olá meninas, tudo bem?

Hoje eu vim dar uma dica bem conhecida por todos, principalmente para os fãs de the big bang theory, o restaurante The Cheesecake Factory.

O restaurante é um lugar onde a maioria dos turistas vão quando vem aqui para os EUA. Eu estou aqui a dois meses, visitei os EUA no ano passado e nunca tinha ido, logo estava morrendo de curiosidade pra experimentar!

Um outro motivo que eu estava morrendo de curiosidade de ir no TCF daqui de San Francisco é pq ele fica localizado no 7º e ultimo andar da Macy’s, na Union Square (lugar onde tem todas as lojas onde nós, meninas, piraaamos! Tem sephora, gap, old navy, ross, forever 21, h&m, MAC, victoria’s secret e por ai vai…) então da pra imaginar a vista né!

Minha amiga May foi comigo e assim que sentamos em nossa mesa, do lado de fora claro, não fazíamos ideia do que pedir! Sem brincadeira, o menu é um livrinho! Tem uma infinidade de opções: massa, peixe, steak, hamburguer, salada, pizza e mais um monte de coisas!

Decidimos então pedir hamburguer, o Smokehouse B.B.Q. Burguer:

editada

editada 2

Registrando tudo antes de comer!

Olha issoooo! Tava muito bom!
Bom, depois desse big lanche, estávamos muito cheias, mas não íamos embora sem comer sobremesa!

Ai depois de eu pensar muito, pq a May já sabia o que queria logo de cara, decidimos pedir essas delicias:

Eu pedi o Hershey’s Chocolate Bar Cheesecake:

editada 3

E a May pediu o OREO Dream Extreme Cheesecake:
editada 4

Sem palavras pra esses cheesecakes! Não sei dizer qual dos dois é melhor, os dois são divinos! Quero provar todos os sabores! hahahaha Claro que não conseguimos comer tudo, o garçon até disse que podíamos levar pra viagem, mas como ainda iríamos andar muito, com muita dor no coração, dissemos não e deixamos metade dos nossos cheesecakes lá 😥

Um dos motivos que eu nunca tinha ido no TCF é pq eu achava que seria muito caro pro meu bolso de AuPair. No fim das contas, gastamos $26 dólares cada uma, já com taxas e gorjeta. Achei um preço bem justo pela quantidade de comida (porções enormes, como vocês puderam ver), capricho dos pratos e por ser tão delicioso! Com certeza um dos meus restaurantes preferidos!

Agora algumas imagens da vista do restaurante e de dentro da Macy’s que também vale a pena ver:

IMG_6797
IMG_6793

Vista de lá de cima!

Vista de lá de cima!

Achei essa mesa muito fofa lá dentro da Macy’s, mas não sei se eu iria querer ter uma mesa-fonte dentro da minha casa! haha

IMG_6800

Coração fofo e uma tomada <3

Coração fofo e uma tomada ❤

Photo-1

Eu e a May, 10kg mais gordas, porém felizes! \o/ hahaha

É isso gente! Depois disso ainda fomos bater perna na Union Square pra fazer digestão. E “tivemos” que entrar na Forever 21, pois “tínhamos” que comprar algumas roupas, bolsas e óculos que “precisávamos urgentemente” hahahaha.

Espero que tenham gostado! E quem puder, vá no The Cheesecake Factory que com certeza não irá se arrepender!

Beijos!

2 meses de EUA

IMG_6763.JPG

Oi meninas, tudo bem?

Hoje vim contar pra vocês como foram esses 2 meses (quase 3) morando aqui nos EUA. Disse que faria esse post no primeiro mês, mas não deu certo, então to aqui pra falar desses 2 meses =)

Vou separar por tópicos, assim fica mais fácil de entender!

Host Family:

Minha host family é um amor, não tenho do que reclamar! Eles são muito legais comigo, respeitam 100% as regras do programa, e se eu trabalho a mais, eles fazem questão de me pagar extra. Querem saber como eu estou, se estou gostando e se preciso de algo. Sempre me perguntam se está faltando algo de comida pra mim e sempre querem saber sobre o Brasil (apesar de já terem ido pra lá algumas vezes) e sobre minha família. Quando eu vou sair, eles querem saber pra onde eu vou (algumas meninas acham isso um saco, eu gosto, mostra que eles se importam comigo e é bom também por questões de segurança) e sempre me indicam algum lugar legal por perto, eu adoro isso! Se eu não tenho idéia de onde sair no final de semana, eu pergunto pra minha host e ela faz logo um roteiro de lugares e de como chegar, amooo!
Nós conversamos bastante, se eu quero um dia off, eu peço pra eles e eles me dão sem problemas. Assim como se eles precisam de mim num final de semana, eu trabalho sem problemas.

Apesar de adorar os dois, eu sempre coloco na minha cabeça que eles são meus chefes e não minha família. Isso é muito importante pra você não pirar aqui e achar que eles tem que fazer coisas além do que deveriam.

Adaptação com o baby:

Pra quem não sabe, eu cuido de um baby de 7 meses. Quando eu cheguei ele tinha 4 meses e as primeiras semanas foram bem difíceis, pois ele só dormia ou com a mãe ou andando de carro ou passeando no carrinho!
Logo nos primeiros dias, eu já conseguia fazer ele dormir no meu colo, mas era um sacrifício, pois quando eu conseguia, assim que eu colocava ele berço, ele acordava e chorava muito! Uma vez eu fiquei tão desesperada que eu sai do quarto chorando! Sorte que minha host estava em casa (ela ficou em casa comigo umas 3 semanas até voltar ao trabalho, foi uma maravilha!) e até me deu um abraço, pois sabia que era difícil hahaha.
Meus hosts chegaram a contratar uma consultora do sono, mas não adiantou, a mulher não falava nada com nada e resolvemos não seguir o que ela disse.

Um dia estava desesperada e fui pedir ajuda no grupão e, 99% das meninas me disseram a mesma coisa, deixa o menino chorar! Conversei com a minha host no mesmo dia sobre isso e ela disse que estava lendo um livro onde dizia a mesma coisa. Resolvemos tentar esse método e foi a melhor coisa que fizemos! Hoje meu baby é muito mais calmo e dorme sozinho, tanto nas sonecas, quanto de noite.

A parte da soneca foi a única parte em que eu tive problemas com ele, pois de resto ele é o baby mais lindo do universo e eu amo ficar com ele! Ele é muito risonho e se distrai fácil. Já sou extremamente apaixonada por ele e sinto a falta dele nos finais de semana em que eu não o vejo, SIM! hahahaha

Presentes para a família + LCC:

Quis colocar esse tópico pois 99% dos blogs, as meninas falam que a família não dá a mínima pros presentes que as AuPairs levam. Bom, quis ser a minoria dessa vez e falar que sim, minha host family amou meus presentes e usam todos!
Pra que não sabe, aqui está o post onde eu contei o que dei pra cada um deles.
Minha host usa o colar quase todos os dias. Meu host amou a partitura e sempre que eu passo pelo piano, ela tá lá em cima aberta, ou seja, ele tá tocando! Meu kid já usou o babador várias vezes, meus hosts apaixonaram no natura mamãe e bebê e passam sempre no meu baby. A única coisa que ainda não foi usada foram os DVDs, pois ele não assiste tv ainda (ele não é proibido, mas minha host quer evitar ao máximo).
Minha host amou a ideia do caderninho pra anotar o dia dele, lá eu anoto a quantidade e a hora de leite, as horas das sonecas e a quantidade de fraldas trocadas.

Quanto a minha LCC, eu a adorei! Entreguei o presente quando ela veio aqui em casa para ver se estava tudo certo. Quando viu o presente, ficou surpresa com a minha preocupação e adorou!
Ela parece ser uma pessoa bem justa, sinto que se um dia tiver algum problema, vai querer ouvir os dois lados da história e tentar ajudar a todos.  Enfim, tive uma boa impressão dela!

Homesick:

Vou confessar que homesick mesmo eu só tive na primeira semana. E com certeza foi pq eu não estava conseguindo colocar meu baby pra dormir e ele chorava muito, pois ainda estava se acostumando comigo.
Fora isso eu estou lidando melhor com a saudade do que eu esperava! Claro que a saudade existe, mas sempre que ela vem, eu tento mudar o foco do meu pensamento, senão eu fico doida! Queria muito que minha família estivesse aqui comigo, mas penso que estou realizando um sonho que sempre tive e que tenho que aproveitar ao máximo. Então, sem tempo pra chororô! hahahaha
Minha família me apoia muito em tudo, conversamos muito e eu conto exatamente tudo que eu estou fazendo aqui pra eles. Eles sabem pra onde eu vou, com quem e quando eu vou. Eles sabem até quando eu fico bêbada e quando faço coisa que não devia! hahaha Meus pais são meus melhores amigos, se eu não puder contar com eles, com quem mais vou contar?! Então essa relação de amizade também ajuda na hora do aperto, pois sei que mesmo de longe eles estão participando dessa fase junto comigo!

E a saudade não está apertando tanto pois em dezembro eles vão vir me visitar YAAAAAAAAAY! Tô tão feliz! Não vejo a hora de ver minha família ❤

Geral:

Fora isso, estou amando minha nova vida! Morar em um outro país é demais, é tudo que eu sempre sonhei e um pouco mais! Nada paga a tranquilidade de andar na rua sem medo de ser assaltada, das pessoas da rua sorrirem pra você por nada, de viver em um país justo onde as regras são seguidas e cobradas. O transporte público é ótimo (não se esqueçam que eu moro em uma cidade grande) e super fácil de andar.
Sem mencionar o preço das coisas né?! Preço justo e acessível pra todos (o que pode ser um ponto ruim quando você é AuPair hahahaha).

Eu já sou completamente apaixonada por San Francisco! Cada vez que eu saio eu amo mais essa cidade, e a cada viagem que eu faço eu me apaixono mais pela Califórnia!

Bom, o post ficou giiiiga! Mas tentei explicar certinho o que aconteceu comigo nesses últimos meses. Se vocês quiserem saber de algo que eu não comentei aqui, me deixe saber nos comentários =)

Beijos!

Baker beach

Hello!

Vim mostrar pra vocês hoje uma praia que eu e a Daffny fomos domingo passado, a Baker beach!
A praia fica bem do lado da golden gate, então além da vista linda da praia, ainda tem a ponte pra apreciar!

Chegamos lá umas 19hrs pois queríamos ver o por do sol, e pra variar esta muito frio! Aliás, se você acha que San Francisco é quente como o resto da Califórnia está totalmente enganada, aqui é frio quase sempre. Nunca saia sem uma blusa, nunca! Dica de amiga hahaha.

Tinham umas 3 noivas lá fazendo as fotos de casamento. Ficamos com muita dó pois os vestidos brancos estavam pretos e pq eram vestidos de verão e estava muito frio! hahaha

Bom, fiquem com as fotos de lá! E quem puder, conheçam pois é lindo demais!

IMG_6608

Golden Gate

IMG_6609

IMG_6645

Nós e a golden gate!

Nós e a golden gate!

Sunset

Sunset

Peace!

Peace!

É isso ai meninas! O tempo não estava dos melhores, mas é uma ótima dica de passeio pra quando você está em um lazy day, como eu e a Daff estávamos!
Espero que tenham gostado, beijos!

 

Baseball Game!

Oi meninas, tudo bem?

Por aqui está tudo tranquilo! Eu estava pensando em fazer um post contando como estão as coisas, em relação a host family, meu kid, a cidade…. Mas acho que 2 semanas é muito pouco pra eu já tirar conclusões, então quando eu fizer 1 mês aqui eu venho contar pra vcs como está sendo, ok? Mas já adianto que está tudo ótimo =)
Hoje eu contar pra vocês como é ir assistir a um jogo de basebal!! Fui domingo com minha amiga Amanda e foi demais, recomendo a TODOS!

Foi assim, quem me puxou pra ir ver o jogo foi a Manda, ela tinha visto o dia em que os Giants (time aqui de San Francisco) ia jogar e me chamou pra ir junto com ela. Como não entendíamos nada sobre qual lugar comprar, pedi ajuda pro meu host e compramos na parte laranja. Com todas as taxas, cada ingresso ficou 50$, eu não achei caro mas não é um passeio que eu vou fazer todo final de semana, né!
No sábado, estávamos no shopping e eu aproveitei pra comprar uma camiseta dos Giants, achei na Old Navy por 19$ \o/

Pois bem, chegou o dia do jogo! Eu ia pegar 1 ônibus e 1 metrô pra chegar no estádio e me encontraria com a Manda lá, já que ela mora em outra cidade. Bom, meu host me explicou umas mil vezes, eu olhei no google mais mil e adivinhem? Claro que eu peguei o ônibus errado né! hahahaha

Mas em minha defesa não foi culpa minha! Logo que eu entrei no ônibus o motorista ficava falando umas coisas que óbvio que eu não entendia, mas relevei pq sim. Ai, em uma parada 90% das pessoas desceram e eu fiquei confiando (e desconfiando ao mesmo tempo) no que eu tinha olhado nos sites e no que o meu host falou. Ai na hora que o ônibus tinha que virar pra eu pegar o metrô, ele virou pro lado oposto! Entrei em choque total né.
Sorte que tinha um cara e eu fui perguntar pra ele, expliquei que queria ia no AT&T park. Ele me disse que o ônibus estava certo mas que aquele em específico estava indo pro outro lado da cidade, vai saber…Enfim, logo veio um outro cara falando “corre que você pega aquele outro ônibus ali que vai te deixar no lugar certo”. Assim que eu entrei nesse novo ônibus 90% das pessoas estava com a camiseta dos Giants, fiquei muito feliz pois era só seguir eles e sucesso! Fiz isso e em menos de 20 minutos cheguei no estádio.
IMG_5825

Cheguei, logo encontrei a Manda e entramos! Af maria, que estádio LINDO!
Ah, mais uma coisa que eu estava animada pra ir nesse estádio: foi lá que o Kanye West pediu a Kim Kardashian em casamento! Sim, amo as Kardashians e sem discussão. 😀

Gente, lá tem uma infinidade de lugares pra comer, nachos, batata frita, hamburguer, hot dog, pizza, pretzel, sorvete e mais mil coisas! E pra beber a mesma coisa!
Acabamos pedindo um hot dog (que nos arrependemos um pouquinho, depois de ver as batatas fritas hahaha) e tomamos cerveja.

Sobre o jogo em si, eu não entendia absolutamente nada de baseball, mas mesmo assim quando o jogo começa você acaba pegando algumas coisas e acaba entendendo o básico pelo menos! Sim, tem horas que não acontece nada e você fica num tédio que só, mas passa..E se o jogo tá bem miado, eles colocam uma musica e você fica batendo palma, ai anima de novo  \o/  Ai nos intervalos tem a camera do beijo, eles cantam o hino, eles cantam uma musica super legal do time e mais mil outras coisas que faz o jogo ser sensacional!

IMG_5845

O jogo durou 3 horas! Mas eu a e a Manda ficamos muito entediadas no final e queríamos tomar sorvete, ai saímos mais cedo. Pegamos o sorvete maravilhoso no estádio mesmo e saímos. Quando estávamos saindo, ouvimos muita gritaria e depois descobri que foi pq os giants tinham marcado um Home Run. (O que é isso? Não sei, mas é bem importante hahahaha) Fiquei um pouco #chateada por ter perdido :/
Enfim, foi só chegarmos na rua que o jogo já tinha acabado ai todo mundo começou a entrar nos ônibus e eu entrei junto pq a principio ia voltar de taxi, mas 30$ num taxi não pago nem ferrando! hahahaha Ai fui seguindo o fluxo e cheguei em casa!

Conclusão, eu ameeei gente, todos tem que ir e com certeza eu vou de novo! Todo mundo civilizado, todo mundo sentadinho na sua cadeira. Tinham famílias, bebês, crianças, idosos, homem, mulher… tudo! Quando o outro time marcou ponto, ninguém xingou, soltaram um “aaaah…” e só! Impossível de imaginar uma coisa dessas em um jogo no Brasil, né? Pois é…

Só sei que eu já sou Giants desde pequena! #GoGiants!

É isso gente! Espero que tenham gostado e pra quem está nos EUA, não deixem de ir a um jogo de baseball na sua cidade, vale muito a pena!
Beijos!

Ps. Os Giants ganharam o jogo! \o/
Giants