Las Vegas!

 

10524618_698720076844178_8369664338657281399_n

Oieeee!!!

Tudo bem com vocês?

Quanto tempo!! Demorei muito pra postar pois fiquei doente e essas semanas foram um caos na minha vida, vocês vão entender no final do post! Mas to de volta e espero que me perdoem haha =)
O título desse post já diz tudo né, vim contar sobre minha viagem pra Las Vegas, yay!

Como eu contei no post passado, eu estava indo para Vegas comemorar o aniversário da Daffny, junto com a Mari e a Nati (nossa mais nova amiga de NJ :D).
Bom, a Daffny foi na sexta feira de manhã e eu e a Mari fomos de noite.

Nós voamos de Virgin America e eu recomendo para todos que forem fazer viagem dentro dos EUA. É a companhia aérea mais divertida! Pra começar que dentro do avião, as luzes são roxa e rosa! Ai o vídeo de instruções de segurança é o mais animado possível e quando você está voando, tem uma opção de bate papo entre os assentos!
Eu e a Mari começamos a conversar com o avião inteiro e acabamos ganhando cerveja, pois uns caras foram com a nossa cara, nos deram cerveja e depois queriam nossos telefones quando saíssemos do avião. Obviamente que ficamos escondidas até eles irem embora hehe. Mas aproveitamos a cerveja sim =D

IMG_4190

IMG_4108

IMG_4206

Chegando em Las Vegas!

Logo quando saímos do avião, no aeroporto mesmo já vimos maquinas de cassino, muito legal! Quando saímos do aeroporto, veio um bafo quente, mas tão quente que Jesus! hahahaa Estava 37 graus as 22hrs! Dá pra acreditar? It’s Vegas baby!

IMG_4015

Um pouco quente…

IMG_4229

Dica: se você quiser economizar, pegue um shuttle como nós fizemos. Pagamos 8 dólares e ele nos deixou na porta do hotel. Bem mais barato do que taxi =)

Nós ficamos hospedadas no hotel Bellagio, que é um sonhoooooo! Muito lindo, muito chique e muito caro também, recomendo! Mas me você não quiser gastar muito, tem outros milhões de hoteis que são mais baratos 🙂

10590422_698712123511640_4491141909615495730_n

Nosso hotelzinho lindo!

Assim que chegamos no hotel, já nos encontramos com a Daffny e já fomos nos arrumar pra primeira festa. A Daffny entrou em contato com um promoter, o Tony, que falou que iria colocar a gente nas festas mais legais e de graça.
Depois de prontas, pegamos um taxi e fomos nos encontrar com o Tony. Chegando lá ele nos disse que como já estava tarde, ele não conseguia colocar a gente em alguma balada super legal (achei meio exxxtranho, mas ok) e por isso iria chamar uma limousine pra gente ir pra um strip club e disse pra gente ficar tranquila pois além do strip club, tinha uma balada. Ok né… Ficamos a espera de uma limousine, e chegou um carro normal pra buscar a gente hahahahaha ficamos decepcionadas, mas ok. Chegamos lá e de graça não tinha nada, tivemos que pagar 30$ pra entrar, e “ganhamos” 2 bebidas.
Ai depois de ver mil peitos na minha frente, fomos em busca da balada, que era no ultimo andar. Chegamos lá e não tinha absolutamente NINGUÉM. hahahaha só rindo mesmo né, ficamos p* da vida pois pagamos 30 dólares pra nada.

Aí a Daffny mandou mensagem pro Tony falando se ele tinha outra coisa pra gente ir, pois ali não dava pra gente ficar…Aí ele falou que tinha uma outra balada e que ia mandar um carro buscar a gente.
O carro veio e o cara começou a falar que essa balada que a gente ia, iria ser demais, que era muito legal e que íamos nos divertir muito.
Chegando lá, era outro strip club!!!!! E tivemos que pagar mais 30$ pra entrar. Gente, já tava muito brava que em uma noite eu gastei 60$ pra ir em strip club, fala sério né.
Pelo menos esse foi mais divertido, tinha a parte dos homens e foi muuuuuuuito engraçado e triste ao mesmo tempo ter que ver aqueles homens implorando pelo seu dinheiro.. Enfim…
Ai fomos pro hotel dormir #Decepcionadas #Chateadas

10568950_698720820177437_5735768333389664707_n

noite #fail

No dia seguinte já animamos de novo pois iriamos na pool party do Tiesto! yaaaaaay! Eu tava muito ansiosa pra essa pool party. Então saímos do hotel umas 11hrs, e fomos na starbucks tomar café-da-manha/almoçar (fazíamos 2 refeições, café/almoço e almoço/janta hahahaha pobre é uma desgraça).
Bom, chegamos lá e a fila estava IMENSAAAAAA! Pra quem está querendo ir em alguma pool party em vegas, uma dica: chegue cedo.

10574389_698721110177408_5401333872540121445_n 10563062_698717833511069_960951791168793203_n 10563050_698720790177440_3616984821446742350_n
Gente, foi DEMAAAAAAAIS! Sério, muito bom! Tinham várias piscinas, mas nos ficamos na principal e foi divertidíssimo!
A bebida era muuuuuito cara, pedi um drink e me custou 16 obamas D: Sorte que conhecemos uns caras, feios tadinhos, que deram muita cerveja pra gente! Então a dica é, faça amizades =D

Bom, depois de jogarmos agua na festa inteira (eu e a Daff estávamos impossíveis, jogando água em TODO MUNDO) fomos embora, estávamos acabadas e ainda tínhamos que nos arrumar pra festa de noite!

Pra festa da noite, fomos através de outro promoter, um dos milhões que fica na Strip (principal avenida de Las Vegas), ele nos ofereceu 2 baladas pra nos 3, a Nathy já tinha ido embora :(, e nos cobraria 10 dólares. Nós queríamos ir na XS, mas o promoter disse que a gente só poderia entrar na XS depois da 1:30AM (vai saber o pq) e colocou a gente na Tryst, uma balada que fica no mesmo hotel da XS.
Aí fechamos lá com ele e fomos pro hotel nos arrumar. Chegamos na Tryst e foi suuuper legal, ganhamos 3 drinks de graça cada uma, graças ao nosso promoter, e ficamos lá até dar o horário. A Tryst tava bem legal, ganhamos drinks de uns indianos engraçados, ai depois que tomamos, falamos que íamos no banheiro e nunca mais voltamos muahahaha.

10400847_698718013511051_139023907978772497_n10525865_698717190177800_3354334789302144963_n

Ai gente, prepara pq agora começa a parte triste da minha viagem :(((((((((
Quando deu o horário, fomos pra XS muito animadas pois queríamos muito essa balada. Chegamos lá e estava MUITO mas MUITO lotada, tava tipo 25 de março sabe? Talvez até pior…

Enfim, como vocês viram, eu estava com uma bolsa de lado (grudada em mim) nessa noite, e eu tenho a mania de olhar meu celular a cada 5 minutos, mania mesmo.
Pois bem, entramos nessa balada e eu olhei meu celular, passamos por uma muvulca de gente e fui olhar de novo minha bolsa e roubaram meu celular. Gente, foi o pior sentimento que eu já senti na minha vida, não é pelo celular em si, na verdade é um pouco pois eu ainda estou pagando ele lá no Brasil, mas é pelo fato de alguém ter a coragem de ter aberto minha bolsa e ter pego algo que não é seu sabe? Poxa, meu pai sempre me ensinou “o que é seu é seu, o que não é seu não mexe!” isso sempre foi muito claro pra mim e acho que é por isso que foi tão difícil de acreditar quando pegaram algo que era meu.
Meu celular estava em uma case que dava pra colocar documentos junto, e antes de sair a Mari pediu pra colocar as coisas dela junto com as minhas. Então além do celular, foram nossos cartões, dinheiro e nossas identidades.

Comecei a chorar no meio da balada e uma brasileira veio chorar junto comigo pq falou que tinha sido roubada também. Só que ela tava fazendo um pequeno grande escândalo e eu só tava chorando querendo meu pai naquela hora 😦
Enfim, eu e a Mari voltamos pro hotel pra lidar com a parte burocrática, cancelar cartão, bloquear o celular, fazer B.O… Na verdade a Mari quem fez tudo isso, pois eu não conseguia falar, só chorar e a Mari foi uma ótima amiga pois fez tudo pra mim, linda ❤

Depois de termos resolvido tudo, estávamos com fome e não sei pq, mas achamos que a pizza hut iria entregar uma pizza pra gente as 5am. Pedimos pelo site e ficamos esperando, aí dormimos e a pizza nunca chegou haha.

No dia seguinte, tínhamos uma pool party do Will.i.am e eu estava muito ansiosa pra essa pool party. Mas ninguém colocou o relógio pra despertar, acordamos super tarde e ninguém foi.
Domingo foi um dia muito morto pois eu estava muito triste, eu e a Mari não tínhamos dinheiro e a Daff não tinha como bancar nós três pra qualquer coisa que fizéssemos. Ficamos o dia inteiro dentro do hotel D:

Na segunda feira, eu e a Mari fomos no banco pedir um cartão temporário, pois precisávamos pagar o hotel. Na volta, a Mari teve a ideia de ligarmos no achados e perdidos da XS e ver se eles acharam alguma coisa, eu estava super sem esperanças, mas tentamos mesmo assim. Liguei lá e eles tinham achado nossos cartões e IDs! Fiquei um pouco mais contente, pois tirar uma outra identidade seria uma dor de cabeça…
Fomos lá pra XS buscar nossos documentos e eu ainda tinha uma esperança de achar meu celular. Não achei 😦

Depois disso, fomos pro aeroporto. Queríamos pegar um shuttle, mas fomos informadas que pra pegar shuttle pra ir pro aeroporto, tem que ser reservado com pelo menos 6 horas de antecedência. Então fica a dica ai pra quem quiser economizar =)
Acabamos pegando um taxi mesmo e não foi tão caro, deu 21$ se não me engano.
Chegamos no aeroporto comemos e fomos pra casa… A linda da mãe da minha host foi me buscar e quase chorou junto comigo por causa do meu celular hahaha.

Ai gente, que aventura né?!
Não tirei foto na famosa placa de Las Vegas, não conheci hotel nenhum, vi partes do show das águas, não fui na freemont street, não fui pro grand canyon, não fui em nenhum show, não fui na famosa roda gigante, fui roubada, gastei mais do que devia e mesmo assim: valeu muuuuuuuuuuito a pena! Estava com minhas amigas, fiquei em um ótimo hotel e me diverti bastante! Ainda acho Vegas sensacional e quero voltar o quanto antes!

Eu fiquei muito chateada pelo meu celular, mas no dia seguinte eu tava fazendo piada sobre o assunto e não deixei isso me abalar sabe. Fiquei mais chateada pelas informações que eu tinha no meu celular, mas quando comprei o outro, todas as informações foram recuperadas e fiquei muito feliz!  Levei como aprendizado.  E fica como aprendizado pra vocês também, se puderem, não levem o celular pra balada, deixem no hotel!

Ah, e pra melhorar ainda mais minha vida, assim que voltei de Vegas, fiquei a garganta inflamada! Eu ODEIO ficar com a garganta inflamada. Mas já estou totalmente curada, graças a minha médica Daffny Vieira! hahaha fofaaaan ❤

Falei demaaaaais! Me perdoem pela demora desse post, mas quis deixar bem completo.

Beijos!

Advertisements

2 meses de EUA

IMG_6763.JPG

Oi meninas, tudo bem?

Hoje vim contar pra vocês como foram esses 2 meses (quase 3) morando aqui nos EUA. Disse que faria esse post no primeiro mês, mas não deu certo, então to aqui pra falar desses 2 meses =)

Vou separar por tópicos, assim fica mais fácil de entender!

Host Family:

Minha host family é um amor, não tenho do que reclamar! Eles são muito legais comigo, respeitam 100% as regras do programa, e se eu trabalho a mais, eles fazem questão de me pagar extra. Querem saber como eu estou, se estou gostando e se preciso de algo. Sempre me perguntam se está faltando algo de comida pra mim e sempre querem saber sobre o Brasil (apesar de já terem ido pra lá algumas vezes) e sobre minha família. Quando eu vou sair, eles querem saber pra onde eu vou (algumas meninas acham isso um saco, eu gosto, mostra que eles se importam comigo e é bom também por questões de segurança) e sempre me indicam algum lugar legal por perto, eu adoro isso! Se eu não tenho idéia de onde sair no final de semana, eu pergunto pra minha host e ela faz logo um roteiro de lugares e de como chegar, amooo!
Nós conversamos bastante, se eu quero um dia off, eu peço pra eles e eles me dão sem problemas. Assim como se eles precisam de mim num final de semana, eu trabalho sem problemas.

Apesar de adorar os dois, eu sempre coloco na minha cabeça que eles são meus chefes e não minha família. Isso é muito importante pra você não pirar aqui e achar que eles tem que fazer coisas além do que deveriam.

Adaptação com o baby:

Pra quem não sabe, eu cuido de um baby de 7 meses. Quando eu cheguei ele tinha 4 meses e as primeiras semanas foram bem difíceis, pois ele só dormia ou com a mãe ou andando de carro ou passeando no carrinho!
Logo nos primeiros dias, eu já conseguia fazer ele dormir no meu colo, mas era um sacrifício, pois quando eu conseguia, assim que eu colocava ele berço, ele acordava e chorava muito! Uma vez eu fiquei tão desesperada que eu sai do quarto chorando! Sorte que minha host estava em casa (ela ficou em casa comigo umas 3 semanas até voltar ao trabalho, foi uma maravilha!) e até me deu um abraço, pois sabia que era difícil hahaha.
Meus hosts chegaram a contratar uma consultora do sono, mas não adiantou, a mulher não falava nada com nada e resolvemos não seguir o que ela disse.

Um dia estava desesperada e fui pedir ajuda no grupão e, 99% das meninas me disseram a mesma coisa, deixa o menino chorar! Conversei com a minha host no mesmo dia sobre isso e ela disse que estava lendo um livro onde dizia a mesma coisa. Resolvemos tentar esse método e foi a melhor coisa que fizemos! Hoje meu baby é muito mais calmo e dorme sozinho, tanto nas sonecas, quanto de noite.

A parte da soneca foi a única parte em que eu tive problemas com ele, pois de resto ele é o baby mais lindo do universo e eu amo ficar com ele! Ele é muito risonho e se distrai fácil. Já sou extremamente apaixonada por ele e sinto a falta dele nos finais de semana em que eu não o vejo, SIM! hahahaha

Presentes para a família + LCC:

Quis colocar esse tópico pois 99% dos blogs, as meninas falam que a família não dá a mínima pros presentes que as AuPairs levam. Bom, quis ser a minoria dessa vez e falar que sim, minha host family amou meus presentes e usam todos!
Pra que não sabe, aqui está o post onde eu contei o que dei pra cada um deles.
Minha host usa o colar quase todos os dias. Meu host amou a partitura e sempre que eu passo pelo piano, ela tá lá em cima aberta, ou seja, ele tá tocando! Meu kid já usou o babador várias vezes, meus hosts apaixonaram no natura mamãe e bebê e passam sempre no meu baby. A única coisa que ainda não foi usada foram os DVDs, pois ele não assiste tv ainda (ele não é proibido, mas minha host quer evitar ao máximo).
Minha host amou a ideia do caderninho pra anotar o dia dele, lá eu anoto a quantidade e a hora de leite, as horas das sonecas e a quantidade de fraldas trocadas.

Quanto a minha LCC, eu a adorei! Entreguei o presente quando ela veio aqui em casa para ver se estava tudo certo. Quando viu o presente, ficou surpresa com a minha preocupação e adorou!
Ela parece ser uma pessoa bem justa, sinto que se um dia tiver algum problema, vai querer ouvir os dois lados da história e tentar ajudar a todos.  Enfim, tive uma boa impressão dela!

Homesick:

Vou confessar que homesick mesmo eu só tive na primeira semana. E com certeza foi pq eu não estava conseguindo colocar meu baby pra dormir e ele chorava muito, pois ainda estava se acostumando comigo.
Fora isso eu estou lidando melhor com a saudade do que eu esperava! Claro que a saudade existe, mas sempre que ela vem, eu tento mudar o foco do meu pensamento, senão eu fico doida! Queria muito que minha família estivesse aqui comigo, mas penso que estou realizando um sonho que sempre tive e que tenho que aproveitar ao máximo. Então, sem tempo pra chororô! hahahaha
Minha família me apoia muito em tudo, conversamos muito e eu conto exatamente tudo que eu estou fazendo aqui pra eles. Eles sabem pra onde eu vou, com quem e quando eu vou. Eles sabem até quando eu fico bêbada e quando faço coisa que não devia! hahaha Meus pais são meus melhores amigos, se eu não puder contar com eles, com quem mais vou contar?! Então essa relação de amizade também ajuda na hora do aperto, pois sei que mesmo de longe eles estão participando dessa fase junto comigo!

E a saudade não está apertando tanto pois em dezembro eles vão vir me visitar YAAAAAAAAAY! Tô tão feliz! Não vejo a hora de ver minha família ❤

Geral:

Fora isso, estou amando minha nova vida! Morar em um outro país é demais, é tudo que eu sempre sonhei e um pouco mais! Nada paga a tranquilidade de andar na rua sem medo de ser assaltada, das pessoas da rua sorrirem pra você por nada, de viver em um país justo onde as regras são seguidas e cobradas. O transporte público é ótimo (não se esqueçam que eu moro em uma cidade grande) e super fácil de andar.
Sem mencionar o preço das coisas né?! Preço justo e acessível pra todos (o que pode ser um ponto ruim quando você é AuPair hahahaha).

Eu já sou completamente apaixonada por San Francisco! Cada vez que eu saio eu amo mais essa cidade, e a cada viagem que eu faço eu me apaixono mais pela Califórnia!

Bom, o post ficou giiiiga! Mas tentei explicar certinho o que aconteceu comigo nesses últimos meses. Se vocês quiserem saber de algo que eu não comentei aqui, me deixe saber nos comentários =)

Beijos!