AuPair: Meu Processo pt.1

Untitled-3
Olá, tudo bem com vocês?

Hoje vim contar pra vocês toooodo meu processo! Na verdade ele nem é tão grande assim, pois tive muita sorte em achar uma família rápido. Mas quero contar com detalhes, pois isso foi uma das coisas que eu procurava ler em blogs quando eu estava na espera de ficar online e depois na espera de achar uma família.

Então vamos começar do começo, né?

Bom, eu sempre tive o sonho de morar fora do país, já tive a oportunidade de ir pra Suécia mas acabou não dando certo. Já quis ir pro Canadá, mas o processo é bem caro pra alguém como eu haha. Então, em uma viagem com a minha família no ano passado pelos EUA (minha primeira vez fora do Brasil) foi quando eu me apaixonei pelo país – e quem não se apaixonaria. Meses se passaram e eu ainda com a ideia de morar fora, até que um dia eu lembrei que uma amiga da minha prima foi AuPair e me veio uma estalo e eu pensei “cara, é isso!”. Sem pesquisar absolutamente nada sobre o programa, mandei um e-mail enorme pra ela com as perguntas mais idiotas do mundo – obrigada pela paciência, Nathy!!! – do tipo “eu realmente preciso morar na casa dos pais?” hahahahaha pois é, ela foi muito paciente comigo e respondeu todas minhas perguntas carinhosamente.

Pois bem, alguns dias depois fui na mesma agência que ela fechou o programa com meus pais em uma sexta-feira pra eles se informarem também sobre o programa. Adorei a orientadora e resolvemos que eu ia pensar no final de semana e na segunda-feira traria uma resposta. Bom, segunda-feira fechamos o programa e ela me entregou os milhões de papeis da primeira parte do application. Nesse mesmo dia, fui na trancar minha faculdade, o que foi a coisa mais feliz que eu fiz na vida! Quem me conhece sabe que eu nunca gostei da minha faculdade, não pela faculdade, mas sim pelo curso.

Bom, fechei meu programa no dia 13/01 e comecei a correr atras de tudo, pois queria embarcar em abril (sempre foquei meu pensamento de que em abril, eu embarcaria). Foi tudo muito rápido, um médico que eu nunca tinha ido na vida aceitou em assinar meu medical form sem problemas e consegui rapidinho minhas referencias, tanto pessoais quanto as de nanny (me fugiu o nome exato do form agora haha). Entreguei meus papeis mais ou menos 1 semana e meia depois e comecei a preencher meu application online.

As perguntas do application online são bem parecidas com as perguntas que você responde por escrito, então essa parte foi mais tranquila. O que pra mim foi o mais difícil, foi o vídeo e a carta pra host family! Sobre a carta e o video, eu estou pensando em fazer um post só pra isso, quero colocar minha carta e talvez o vídeo aqui pra ajudar as meninas que ainda estão nessa fase =) Bom, comparado ao vídeo, minha carta foi super fácil de fazer! (depois vou colocar um blog que me ajudou muito nessa hora!!) O vídeo eu penei, mas consegui! Ficou com 2:17 só de falação hahahaha.

Dei submit no meu application dia 04/02 e a ansiedade triplicou nesse dia! Fuçava em mil blogs pra saber em quanto tempo mais ou menos as meninas ficavam online e enchia o saco da minha orientadora pra saber o tempo até eu ficar online. Não sei nas outras agências, mas na AuPairCare tem que passar pos 2 revisões, uma a agencia local (no caso, a CI) e a outra é a própria AuPairCare que revisa.

Dia 19/02 a CI terminou de revisar meu perfil e passou pra APC revisar, um dia depois chegou no meu e-mail que eu teria que fazer um teste chamado DISC, que é um teste psicológico super tranquilo que serve para as famílias saberem um pouco mais sobre você. Fiz o teste e enviei pra eles.

Na sexta-feira, dia 21/02 recebi um e-mail da Jillian falando que queria marcar uma entrevista comigo na segunda-feira para conversar comigo. A princípio não entendi nada, mas pesquisando vi que ela faz essa entrevista pra oferecer o certificado de infant specialized, ela oferece isso se o seu perfil tem bastante experiência com kids under 2. Na segunda-feira estava mais nervosa que tudo nessa vida, mas fui conversar com ela, ela é um amor de pessoa e nossa conversa fluiu muito bem. Ela me explicou o que era infant specialized e se eu queria ser uma, disse que sim e ela fez uma perguntas e disse que minha orientação em NJ teria um dia a mais devido a isso. Falei que ok e antes de desligar ela disse que meu perfil já tinha sido revisado e que dentro de alguns dias eu estaria online. Bom, desligamos e mais ou menos uma meia hora depois eu, finalmente, estava online!!!

Vou parar por aqui pq esse post ficou maior do que eu tinha planejado! No próximo post conto sobre as famílias que entraram no meu perfil e sobre meu match! Se vocês quiserem posts mais detalhados sobre o DISC, minha entrevista com a Jillian ou qualquer outra coisa, let me know!!

Beijoooss

Advertisements

One thought on “AuPair: Meu Processo pt.1

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s